Duplicação de rodovia conta com solução inédita de construtora

Obra de rodovia no Paraná utiliza método em concreto ciclópico

O Governo do Paraná está duplicando mais de 300 quilômetros de rodovias em todo o Estado e, quase 23 desses quilômetros serão de pista duplicada da PR-445. Ao todo, a duplicação prevê a construção de oito viadutos, três trincheiras e seis passarelas. A obra tem com objetivo dar mais segurança e fluidez no tráfego da região.

IMG_20150505_145019008_HDR (3120 x 1755)
No trecho compreendido entre Londrina e Cambé (PR), a construtora Sanches Tripoloni trabalha na execução dos viadutos e trincheiras, drenagem e terraplanagem. Para isso, conta com algumas soluções da SH para a construção de pilares, vigas e barreiras, paredes de concreto e escoramentos dos viadutos.

O Supervisor de Contratos da SH, André Ricardo, destaca uma novidade na obra. É a primeira vez que a construtora Sanches Tripoloni executa uma obra com paredes em concreto ciclópico, ou seja, concreto com agregados graúdos. Este método construtivo foi aplicado nos viadutos que interseccionam a PR-445 com as avenidas 10 de dezembro e Waldemar Spranger. Além do Concreform ® SH, a SH forneceu, para a execução deste método, a Mísula SH, a solução mais econômica para obras com grande volume de concreto.

20130711_094253 (480 x 360)
A Forma Circular SH foi aplicada na execução dos pilares e é 100% em aço, permite uma altura de concretagem de 5m. O equipamento conta com alça para içamento e a carga máxima admissível é de até 12kN/m². O Concreform SH®, por sua vez, está sendo utilizado para as paredes de concreto ciclópico, garantindo acabamento perfeito na estrutura.

20130904_073905 (480 x 360)
Para vigas e travessas, a SH está oferecendo um sistema composto por painéis em chassis de aço forrados com compensado plastificado, o Tekko®SH. O investimento nas obras dos dois trechos é de R$ 139,2 milhões e a previsão é que as obras sejam concluídas no fim de 2015.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *